domingo, 13 de abril de 2008

[ Preso Político ] Memórias vivas de um preso político.

"Escrever para não me perder na névoa dos dias intermináveis, a cabeça enfiada no travesseiro, repito para mim mesmo que não é verdade. Que não sou eu esse homem que a mídia transformou em monstro e condenou ao silêncio das sombras. Que só pode se tratar de um personagem de romance, um desses obstinados que ficam tentando se impor e destruir a história que se está escrevendo. Tantas vezes corri atrás deles ao longo de meus livros que não posso deixar de reconhecê-los. E sei que não é nada fácil alcançá-los. Refaço, então, o caminho inverso – eu me conto. Isso tudo parece um diário íntimo. E eu sempre tive horror a diários íntimos.” Cesare Battisti

O trecho acima encontra-se no livro Minha Fuga Sem Mim, escrito pelo militante italiano, Cesare Bastini, que está preso em território brasileiro.

Ainda não li e ao menos toquei no livro e passei os olhos, amanhã vou visitar algumas livrarias, espero encontrar as palavras do preso político em território brasileiro.

Leia o posfácio aqui

Saiba mais sobre situação de Cesare Bastini por meio Comitê de Solidariedade à liberdade de Cesare Bastini, clique aqui.


Nenhum comentário: