terça-feira, 22 de julho de 2008

[ "Anti" - Campanha Eleitoral ] A suposta sensibilidade dos-as técnicos-as.

Por aqui a “politicagem partidária” é baseada na técnica. A solução para todos os problemas dos-as moradores-as será “facilmente” resolvido com o domínio da técnica. Um discurso afirmativo dessa característica é a candidatura para vereador de Charles Henrique (do PDT) que na sua página virtual sustenta que um-a vereador-a precisa estudar e graduar-se para assumir um cargo público.

Enquanto na página virtual do jornal Anotícia consta uma matéria da alteração na rotina dos-as usuários-as do transporte coletivo no trecho do Binário do Boa Vista. Uma bela foto da costureira analfabeta Marta dos Santos, 76 anos, registra o desconhecimento da mudança do ponto de ônibus. Os-as técnicos-as em transporte coletivo são desenvolveram uma sensibilidade aguçada.

Infelizmente a técnica e a graduação em qualquer universidade não produzirão a sensibilidade, a capacidade de ouvir as diferentes vozes, de ver os diferentes rostos que são os componentes das cidades. Por isso, precisaremos caminhar além da democracia representativo.

Foto:Jesse Giotti

Nenhum comentário: