terça-feira, 15 de julho de 2008

["Anti" - Campanha eleitoral] E o Tucano Canta ?

Eu desconheço os cantos dos tucanos, mas reconheço que os tucanos da cidade são faladores.

Os tucanos encontrados em Joinville são excelentes amantes da cidade. Ao menos é que o percebi com as declarações dos tucanos símbolos, Marco Tebaldi e Fabio Dalonso, da politicagem partidária local.

A frase do atual prefeito de Joinville é:

"Não podemos entregar nas mãos de quem não conhece a cidade e que não tenha amor pelas pessoas que moram aqui" - Prefeito de Joinville Marco Tebaldi – PSDB

O prefeito tucano é um grande amante do povo daqui, afinal ainda nos de 1980-90, quando não era um tucano falador, andou exercendo muito bem seus conhecimentos técnicos para a expulsão das famílias carentes em região de mangue. Na condução das retiras os-as moradores-as não foram ouvidos, é claro.

A prática de não ouvir os-as moradores-as da cidade tornou-se a tônica da sua prática na politicagem partidária, ao menos podemos perceber quando criticou os Padres que eram contra o aumento na taxa da água. Quando nunca escutou a população na hora de aprovar um aumento na tarifa do transporte coletivo, ou ainda mais educativo foi a grande fala de amor a cidade, ao assumir a responsabilidade de uma vaga na terceira divisão do campeonato brasileiro para o Joinville Esporte Clube, a “grande obra” do tucano.

O tucano aprendiz de falador, Fábio Dalonso, soltou a pérola:

"O povo vai comparar quem gosta de Joinville ou quem quer se aproveitar, quer usar como trampolim ou quem parece odiar a cidade de tanto que fala mal dela" - vereador e candidato a vice-prefeito (do Darci de Matos) Fabio Dalonso – PSDB

O presidente da Câmara de Vereadores-as e candidato o vice-prefeito da coligação DEM e PSDB nos presenteou mais uma frase de grande simbolismo de dedicação à cidade.

Afinal, votar o aumento salarial dos-as vereadores-as, cerca de 32%, fazer pouco caso com as mobilizações estudantis contra o aumento são práticas “legitimas” de um amante daqui.

Os tucanos estão desenvolvendo uma fala de amor a cidade, porém o amor torna-se realizável quando mantém uma coerência e não estamos falando em “coerência autoritária”.

P.S sobre o coerência autoritária leia aqui.

Fonte da imagem do tucano falador Tebali:
http://www.ipreville.sc.gov.br/imagens/tebaldi.jpg

Fonte da imagem do tucano falador Dalonso: http://www.cvj.sc.gov.br/scripts/upnoticias/mini/2_dalanso.jpg

Um comentário:

Anônimo disse...

Muito importante mídias alternativas com um novo e diferente olhar para a próxima eleição,importante também é que esse olhar cresça esse ano,A impreensa joinvillense é capenga e interesseira,cito como exemplo do jortnalista esportivo Kajuru que em Goiania fez um grande trabalho independente que investigou e derrubou o coronelismo que a tempo reinava por aqui ,além da opinião torço para que um dia se faça jornalismo investigativo nessa cidade,voltado ao povo,isso fica claro quando vemos que o unico programa popular da cidade se chama tribuna do povo...

Marcelo Alves,joinvilense atualmente morando em goiania de olho no que acontece em joinville