terça-feira, 11 de novembro de 2008

Em breve mais informações.

“O medo seca a boca, molha as mãos e mutila.

O medo de saber nos condena à ignorância; o medo de fazer nos reduz à impotência.

A ditadura militar, medo de escutar, medo de dizer, nos converteu em surdos e mudos.

Agora a democracia, que tem medo de recordar, nos adoece de amnésia;

mas não se necessita ser Freud para saber

que não existe o tapete que possa ocultar a sujeira da memória.”[1]

Desmemória/2. Eduardo Galeano"

Você já parou para pensar o medo de saber condenando á ignorância na cidade de Joinville ?

Em breve mais informações. ;-)



[1] GALEANO, Eduardo. O livro dos abraços. Tradução de Eric Nepomuceno. 11 ed. Porto Alegre: L&PM, 2003. p.110.

Nenhum comentário: