domingo, 22 de março de 2009

Os meus momentos na internet #01

A seleção a seguir são os meus momentos na leitura, sejam leituras, vídeos, fotos, desenhos, músicas, conversas e o que mais tiver relação com o sentimento de viver na cidade.


A Teologia da Libertação se propaga, apesar do veto do Vaticano - Leia aqui.


A Teologia da Libertação é a primeira teologia moderna que assumiu este objetivo global: pensar o destino da humanidade desde a condição das vítimas. Em consequência, sua primeira opção é comprometer-se com os pobres, a vida e a liberdade para todos.”


- A leitura dos artigos do Leonardo Boff é uma maneira de se aproximar dos pensamentos e práticas da Teologia da Libertação. O artigo indicado aqui vale a pena conferir, ainda mais que pensar a trajetória da história do bairro Floresta, dos movimentos sociais, do Centro de Direitos Humanos e até mesmo do pelego Petismo ( seria o lado negativo ?) é conhecer a Teologia da Libertação.


Leitura ocorrida na noite do dia 18 de março de 2009.


"A Escola e a Letra": escritores brasileiros e suas influências - Leia aqui.


São contos, crônicas, trechos de romances e memórias que juntos, formam um panorama dos pontos de vista de autores como Machado de Assis, Monteiro Lobato, Mário de Andrade, Jorge Amado, Graciliano Ramos, Érico Veríssimo, Rubem Braga, Clarice Lispector, Osman Lins, Rubem Fonseca, Vinícius de Moraes, Nélida Piñon, Moacyr Scliar, João Ubaldo Ribeiro, Luis Fernando Verissimo, entre outros, sobre a escola.”


- Mesmo sem ler os trabalhos de todos-as autores-as publicados no livro tenho vontade de ler e quem sabe identificar elementos que podem contribuir nas minhas futuras experiências em sala de aula.


Leitura ocorrida na noite do dia 18 de março de 2009.


El Salvador e os crimes de Ronald Reagan - Leia aqui.



O alegre ex-ator que chegou à Casa Branca graças à crise dos reféns do Irã é festejado hoje pelo Partido Republicano como herói e santo padroeiro. Mas sua escalada na ingerência dos EUA na guerra civil salvadorenha, com injeção de bilhões de dólares em ajuda militar, elevou a 80 mil as mortes em 12 anos de guerra civil - 95% do total, segundo estimativa da ONU, vítimas do próprio governo.”



- O assassino Ronald Reagan é reconhecido como um ex-ator e presidente republicano dos EUA, em plenos oitenta, também é tratado, ao lado de Margareth Tratcher, como impulsionador do neoliberalismo. A leitura do artigo do jornalista Argemiro Ferreira encontrará uma história de muito sangue em nome do mercado em pleno solo de El Savador.

Leitura ocorrida na noite do dia 18 de março de 2009.


Freegans comem sobras para esnobar o capitalismo - Leia aqui.


Seu lema é não contribuir com as grandes corporações, com o consumo desenfreado, e minimizar seu impacto ambiental como indivíduos - em suma, elas não aceitam colaborar com o capitalismo.”


O ato de pegar por conta da necessidade, mesmo sem manter um discurso político, não seria uma prática política?


O Food Not Bombs é um projeto interessante, se to enganado já tá na casa dos 29 anos de existência. Numa cidade próxima de NY tinha uns punks q organizaram um coletivo local do FND, porém a prefeitura e sua vigilância sanitária mandaram fechar, já que existia a "possibilidade de práticas anti-higienicas". Os tais punks desobedeceram e continuou com o projeto, o que levou a crimizalicação dos participantes. Além da comida, o que poderia se encaixar como assistencialismo, o FND tbm promovia eventos educacionais libertários. Aí fica a dúvida, seria o problema a possivel "falta de higiene" ou a educação fora dos espaços formais de educação, buscando a emancipação de alguma maneira?


a idéia do freeganismo é mto ligado a cultura punk (o que não é um problema), as idéias do John Zerzan e do primistivismo que é um problemão), mas que caí no vale sem futuro, por não encaixar as pessoas como um todo num projeto político coeso e social. Máximo da radicalidade política é a volta a idade da pedra.


Leitura ocorrida na noite de 19 de março de 2009



Nenhum comentário: