terça-feira, 14 de abril de 2009

Intolerância lá e aqui.

Na semana passada foi para Curitiba. Nos dois ou três as conversas com amigos e amigas estiveram em torno de tema de como o neonazismo se mantém uma expressão ideológica da violência urbana. No contexto local, diferentes grupos e organizações resolveram elaborar uma frente de resistência contra a intolerância.



cartaz das manifestações em Curitiba-PR


Por aqui, nos últimos anos, não tem sido noticiado a violência urbana fundamenta no neonazismo, porém nas ruas se encontram suásticas e se comenta de pessoas na faixa dos 18 anos até os 80 anos que defendem o neonazismo e buscam se organizar e marcam encontros. Agora, quando a bomba da violência neonazista explodirá na cidade, é preciso explodir para discutirmos o tema ?


Nenhum comentário: