segunda-feira, 27 de abril de 2009

Uma hora na manicure

Hoje tirei uma hora da minha tarde para ir à manicure. O meu objetivo não era fazer as mãos, mesmo sendo preocupado com a minha aparência, apesar de ser apontando como um mendigo e na madrugada do último sábado ser confundido como “um almofadinha”.


Bem, a razão da ida á manicure era acompanhar a Esperanza e folhear uma antologia do teatro anarquista que acabara de comprar. Resolvi deixar a leitura de lado e peguei uma Revista Contigo, já que Esperanza, fazendo uma piadinha de leve, havia comentado que estavam disponíveis.


Folheando duas edições do corrente mês da Revista Contigo encontrei duas matérias que provocou uma constrangedora risada, até cheguei a fotografar a revista para não deixar a imagem de mentiroso.


A primeira foto é do beatle Paul M, o maior panaca vegetariano do mundo da música, é uma figura que aproveita seu status de baixista da "maior banda de todos os tempos" para falar besteira. A imagem é uma apresentação ao lado de Ringo S. e de outras celebridades. Na parte superior da foto está o músico MOBY, vestindo uma camiseta branca com quatros barras negras e escrito o nome da banda Black Flag. MOBY, seu disco "14" é bom, mas não precisa exagerar e tocar com a camiseta da banda seminal punk, ainda mais ao lado do bolha do Paul M.


O texto da imagem traz um pequeno relato sobre o novo visual do ator Keanu Revees.


Aqui temos o próprio ator descansado e fumando um cigarrinho, onde fica evidente todo seu visual mendigo. Agora, meus amigos da cidade poderão largar do meu pé e deixar a minha mendicância de lado.


Pensar o mundo da moda tendo como parâmetro a Revista Contigo não deve ser nada sensato, acredito que existam outras publicações com mais profundidade sobre o tema. Ao mesmo tempo, não posso deixar de pensar como o mundo da moda é sacana e “filho do seu tempo”, como dizia o velho Bloch, e todos seus apontamentos pura estupidez enfiada goela abaixo, por conta disso prefiro o vestir pessoal, mesmo que de alguma maneira seja com base na influência de todo mundo ao redor.


O fechamento da postagem é só para dizer que gostei passar uma hora na manicure e que provocou os meus pensamentos. Aquela coisa, quando se ta feliz até folhear uma revista instiga alguma coisinha.

2 comentários:

Filipe Ferrari disse...

Hum. O Paul M. é um merda mesmo, hehehe...

E quanto ao mendigo, isso tudo é pra provar que você é um visionário no mundo da moda, culpa da Contigo que não veio para as paragens "entre o mar e a serra" para descobrir seu look...

Beijos!

Christiani disse...

Só o que me faltava tu tá se comparando ao Keanu Reeves... HAHAHA... ele pode mew...