terça-feira, 26 de maio de 2009

Longe da cidade devo dizer o que ?

Em função do meu novo trabalho estou longe de Joinville, por conta disso não tenho participado das manifestações de rua para barrar o aumento da tarifa do transporte coletivo, onde o Prefeito Carlito Mers – do PT- assumiu os mesmo compromissos dos gestores municipais anteriores, ou seja, aprovou o aumento.


O diferencial é que o Prefeito Carlito Mers representou o papel de um bom ouvinte das vozes populares organizadas na Frente de Luta Pelo Transporte Público, onde assumiu compromisso de promover um debate político e técnico sobre o tema da mobilidade urbana e nada o fez.


A representação de ouvinte não convenceu os interlocutores daquele evento. Quem sabe, o Carlito, lembrou das suas tentativas de viver no meio teatral. A lembrança pode ter trazido tristes memórias, já que suas atuações não eram das melhores, ao menos foi o que disse na abertura do Festival Catarinense de Teatro de 2009.


No fundo de tudo isso, o Carlito Mers sofre do mesmo problema do Bush Filho, que segundo Michael Moore, fingia que era presidente e a população dos Estados Unidos da América fingia que acreditava. No caso da realidade de Joinville, o Carlito representa que vai ouvir os clamores do povo e a Esquerda Marxista e Juventude Revolução - ambas correntes internas do PT – acreditam no ator. Enquanto isso, as ruas são ocupadas com manifestações vivas!



Nenhum comentário: