quinta-feira, 18 de junho de 2009

De terça-feira a hoje….

Em três dias tudo foi a mil por hora. Tantas atividades e ocupações na minha vida cotidiana que impediram de fazer postagens por aqui.


A terça-feira foi de aula das 7:30 as 21 horas e ainda de quebra rolou ocupação da Câmara de Vereadores-as de Joinville e depois um acampamento na Prefeitura como mais uma tentativa de barrar o aumento. Infelizmente, somente participei depois da aula de terça-feira e fiquei até quatro da matina de quarta-feira na frente da Prefeitura.


Em relação ao trabalho é mais delicada a situação, já que o tempo de labuta é determinado de cima para baixo e eu aceito por conta do fator econômico determinado pela política nada pública do Luis Henrique da Silveira. Ainda mais quando a certeza de um retorno a sala de aula é distante quando o relógio bater 21 horas de sexta-feira.


Os momentos na Câmara e na Prefeitura foram o suficiente para perceber de como é difícil de lidar com os meus tempos, onde preciso conciliar trabalho, estudos, militância e tantas outras coisas boas da vida cotidiana. Novos tempos para a minha vida, novas experiências para interpretar todas essas coisas da cidade.

Uma sensação estranha ao perceber que coloquei uma faixa do Movimento Passe Livre na Prefeitura Municipal de Joinville. Estou desligado do MPL-Joinville faz uns três meses, desde então acabei viajando por vinte dois dias e fiquei ainda mais desconectado das lutas sociais pelo transporte público. Fico com uma sensação mais estranha quando preciso buscar uma conciliação de viver a cidade da maneira que gosto e ainda cair na labuta para ter moedas para fazer a economia da cidade girar.


Nenhum comentário: