domingo, 2 de agosto de 2009

A busca de estímulo ou uma dica, duas dicas ou até mesmo três dicas

Sozinho em casa numa manhã de domingo chuvoso e frio é completamente desestimulante. Uma navegada matinal é uma tentativa de encontrar um mínimo de estímulo, o que de fato ocorre, e para tanto agradeço ao blogue Esquerda Festiva, da ilha de santa catarina, que indicou a entrevista no DC do Marcos Espíndola com o cantor e compositor Wado. Visitando a página do Wado de quebra você baixa o novo disco “Atlântico Negro” onde o escritor do continente africano Mia Couto participou das composições.. Bem, desse estímulo nada melhor do que caminhar dez minutos e ir almoçar com a vó, eita domingo estimulante.

To falando sério.

Um comentário:

Marxperience disse...

Atlântico Negro... Interessante. Fico pensando se a Mia Couto se inspirou no Paul Gilroy ou o inverso. Conferirei!