quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Leitura repetida


Nos últimos tempos tenho escrito, mas nada adequado para publicar no Vivo na cidade. Nos últimos tempos não tenho visitado outras páginas virtuais para indicar por aqui. Nos últimos tempos tenho lido, mas também nada novo, voltei  a ler o que já tinha devorado, entre os tais livros está “Dias e noites de amor e de guerra” do Eduardo Galeano, li em 2001, mas por conta do comentário do Nils resolvi ler mais uma vez.


Um fragmento me pegou em cheio, ao menos é como tem sido as últimas noites:


"Afundo as mãos nos bolsos. Estico as pernas. A sonolência me dá estremecimento de prazer e de fadiga. Sinto a noite  metida na cidade. É tarde. Estou sozinho."

Eduardo Galeano


Nossa, como a palavra "última" esteve presente nessa postagem. Não foi de caso pensando, ficará assim.



Um comentário:

Maikon K disse...

essa postagem saiu, mas acabei de escrever e fazer outra postagem, pois tive uma notícia que valia a pena uma nova postagem.