quarta-feira, 8 de julho de 2009

Capa

O livro Fotografias de Robert Capa é o meu último achado nos sebos da cidade.



Esperanza ao ver Capa sentenciou “Esse Capa era bonitão.”



Robert Capa e John Steinbeck foram a URSS, em 1947. De lá Capa fez fotografias e Steinbeck escreveu suas observações de um norte-americano no temido país comunista pré-guerra fria. "Um Diário Russo" está entre os meus livros, ao lado do já citado no blogue.



A foto é a último no negativo encontrado com o corpo de Capa, morto ao pisar numa mina no Vietnã, em 1954. Tinha 41 anos, seu amor já havia morrido durante a guerra civil espanhola, 1936-39. Fico pensando se ele leu: “Quem é que vive além dos quarenta ?” (escrito por Dostoiévski em “Memórias do Subsolo”.) E levou a risca ultrapassando o limite num campo de batalha, como já tinha feito em tantas coberturas.

___________________________________________________________________


A postagem de hoje é somente para dizer como é tedioso tantos dias de gripe, tosse e febre. Felizmente, o livro de Capa fez a minha manhã de hoje valer e que mais uma vez tento ler Dostoiévski. Nossa, como o meu dia está "russo". Vixi, mais uma piada sem graça.