quarta-feira, 9 de setembro de 2009

30 ano de Anistia em exposição virtuals

Fotografias, capas de livros, panfletos, cartas pessoais, desenhos, arte, recortes de revistas, de jornais produzidos no Brasil, nos países da América Latina e em outros países do mundo que buscavam abertura para a democracia representativa e direitos humanos foram retiradas dos arquivos pessoais e públicos para a exposição "30 anos de Anisitia" publicados na página da Fundação Perseu Abramo.



A exposição “30 anos de Anistia” é interessante por trazer um banco de imagens e informações importantes para o debate da história recente do Brasil, mesmo que os movimentos sociais e o sindicalismo revolucionário não entraram na pesquisa. Afinal, trazer importância do anarquismo para a História do Brasil já é demais.


"O jornalista Hamilton Almeida Filho demonstrou na redação do jornal Movimento, em 1978, o método de tortura largamente utilizado durante toda a ditadura. [Fonte: Movimento, 09/10/1978]"


A exposição “30 anos de Anistia” tem a curadoria da Dainis Karepovs e Glaucia Cristina Candian Fraccaro ligadas a Fundação Perseu Abramo, que segundo a página da Fundação diz que “foi criada em 1996 pelo Partido dos Trabalhadores para desenvolver projetos de caráter político-cultural. Recebeu o nome de Perseu Abramo para homenagear o jornalista e professor universitário que participou da fundação do PT e sempre trabalhou para a construção do modo petista de refletir e formular.


O mundo e suas contradições: A Fundação ligada ao PT . O mesmo PT do governo federal, onde tem papel omisso frente à revisão da anistia que beneficiou os-as criminosos-as brasileiros, que em nome do Estado Brasileiro, perseguiram, torturam e mataram todos-as aqueles-as lutadores-as por democracia e direitos humanos.


IELUSC e UNIVILLE : uma dupla perigosa

"Sem decorações verdes" é o nome da matéria do Marcus, estudante de jornalismo do IELUSC, que aborda a questão da aproximação ou unificação ou uma "simples" parceria entre a UNIVILLE e IELUSC.


A) Vale a pena conferir a matéria.


B) Os estudantes do IELUSC e da UNIVILLE precisam arregalar os olhos, pois a UNIVILLE tem um nefasto histórico de práticas anti-democráticas e discursos democráticos com pessoas "bem" vestidas.