quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

O incêndio de uma casa antiga


Uma casa na Rua das Palmeiras está sofrendo um incêndio. É a casa com um estacionamento no terreno. O meu amigo percebeu o incêndio por volta das 10h20min. A parte superior está completamente destruída. O corpo de bombeiros voluntários estão utilizados quatro carros ,  até o presente momento(12h:30min) o incêndio está controlado, mas tem pequenos focos.



A Comissão de Peritagem de Unidade de Interesse para Preservação, ligada a  Fundação Cultural de Joinville, estava avaliando o processo de preservação e tombamento da casa. Em menos de um ano, é a segunda casa da Rua das Palmeiras que acontece um incêndio. É triste, já que as casas da Ruas das Palmeiras, por conta do tombamento do Museu Nacional da Imigração e Colonização de Joinviile, formam um conjunto de bens tombados, em meados do século XX, pelo IPHAN. 



Um membro da Comissão relatou que a casa foi construída na década de 1920, mas nos transcorrer das décadas passou a sofrer alterações nos seus usos, amparado nas mudanças do espaço urbano joinvilense. Segundo a minha fonte, é de grande importância execução completa do seu tombamento, já que tem valor histórico/cultural, elemento fundamental na construção da memória, identidade e da cidadania. 



Caso queime a terceira casa, se tornará "tradição" incêndios em casa em processo de tombamento. Os "culpados" é fácil de determinar: “os vagabundos” que perambulam por toda cidade. Jamais as pessoas contrárias a preservação e manutenção das memórias e das nossas identidades históricas e culturais.Nem é preciso discorrer sobre aqueles e aquelas que visam o dinheiro antes da memória e da história da cidade, os verdadeiros baluartes da destruição da história e da diversidade.


__________________________________________________________________
A fonte da foto é o Jornal A notícia.



Nenhum comentário: